Notícias

Conferência IEPAS 2020

O OBSERVARE-UAL é co-organizador, designadamente nas sessões de abertura (dia 23SET, 9h30) e de encerramento (dia 25SET, 13h30).

O link zoom para acesso às sessões de abertura e encerramento, bem como  a todas as outras sessões em plenário (conferência do Prof. Richard Sakwa, as duas mesas-redondas de alto nível e book discussion) e ainda aos painés M01, M02, M04, M06, M08 e  M10 é https://videoconf-colibri.zoom.us/j/96706555074.

Para acesso aos painéis M03, M05, M07, M09 e M11 o link é https://videoconf-colibri.zoom.us/j/98436435162.  

Programa da Conferência: http://eurasianpoliticsandsociety.org/programme

Contributos UAL

 COVID – 19

Artigo do Professor Rui Pereira, Professional football in Portugal: preparing to resume after the COVID-19 pandemic” (em co-autoria com Célia Gouveia,  CIES, ISCTE-UL) publicado na revista Journal Soccer & Society (Q1), editada pela Taylor & Francis.

Link: Professional football in Portugal: preparing to resume after the COVID-19 pandemic 

*

– On May 21st the Global Policy Institute and Bay Atlantic University held an online panel discussion titled: The Impact of COVID-19 on Global Politics and International Institutions.

Webinar: //www.youtube.com/watch?v=To2tTuDElfs

*

– Entrevista hoje publicada no Diário de Notícias dada pelo Professor Doutor Luís Tomé, Diretor do Depart. de Relações Internacionais da UAL, Coordenador Científico do OBSERVARE-Observatório de Relações Exteriores, e Coordenador do Doutoramento em Relações Internacionais: Geopolítica e Geoeconomia.

Leia aqui: https://www.dn.pt/mundo/ausencia-de-lideranca-dos-eua-foi-aproveitada-por-pequim-12219549.html

21/05/2020

*

– Dois artigos em que o CIP- Centro de Investigação em Psicologia da UAL, participou como parceiro da investigação sobre o COVID-19. 

O primeiro artigo para ler aqui:

https://www.lusa.pt/article/Ig1Y2oQc979U~6rYtzokCzMSZM5iuSI1/covid-19-metade-dos-portugueses-sente-impacto-psicol%C3%B3gico-moderado-a-severo-estudo
  Covid-19: Metade dos portugueses sente impacto psicológico “moderado a severo” – estudo Covid-19: Metade dos portugueses sente impacto psicológico “moderado a severo” – estudo www.lusa.pt

O segundo artigo para ler aqui:

https://expresso.pt/coronavirus/2020-04-29-Estudo-revela-que-quase-metade-da-populacao-portuguesa-diz-se-psicologicamente-afetada-pela-covid-19–na-China-eram-76
  Expresso | Estudo revela que quase metade da população portuguesa diz-se psicologicamente afetada pela covid-19 — na China eram “7,6%” É um dos maiores estudos realizados em Portugal sobre o impacto psicológico da pandemia de covid-19 e, além de revelar que praticamente metade da população pode estar a ser psicologicamente afetada pela atual crise, conclui que trabalhadores presenciais e pessoas que habitam em zonas rurais são mais atingidos pela ansiedade e depressão. expresso.pt

*

– Está disponível o Estudo em que participa a Professora Doutora Rute Brites, Investigadora do Centro de Investigação em Psicologia – CIP/UAL, sobre o COVID-19.

Aceda ao Estudo aqui:   https://docs.google.com/forms/d/1DVQly6Us75v0cGFhf7Z4F6Hppsjo0RrV9X9STJjZ70s/prefill

*

– Artigo publicado no Diário de Notícias sobre as implicações geopolíticas do Covid-19, com o contributo do Professor Doutor Luís Tomé, Diretor do Departamento de Relações Internacionais da UAL, Coordenador Científico do OBSERVARE-Observatório de Relações Exteriores, e Coordenador do Doutoramento em Relações Internacionais: Geopolítica e Geoeconomia.

Aceda ao artigo aqui: https://www.dn.pt/mundo/geopolitica-do-virus-o-choque-america-china-11990132.html

*

FCT

A FCT informa sobre o novo concurso:

– A FCT informa que está aberto o período de apresentação de propostas para o apoio especial Gender Research for Covid 19, desenvolvido em articulação com a Secretaria de Estado para a Cidadania e a Igualdade e o apoio da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG). As candidaturas decorrem até às 17h (hora de Lisboa) de 2 de junho de 2020.

Este apoio visa financiar projetos de investigação e iniciativas que permitam a produção e difusão de conhecimento sobre os impactos da Covid-19 nas desigualdades de género e na violência contra as mulheres e violência doméstica.

———————————